Your browser does not support JavaScript!
Quem Somos | Legislação | Contactos | Ligações úteis | Sugestões | Recursos humanos | Publicações
Pesquisa Avançada | Mapa do Site
Ok Portugues Ingles
Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior DGES
                   
Oferta Formativa
 
Ínicio » Oferta Formativa » CET
 
 
Cursos de Especialização tecnológica

  1. Lista de CET no Ensino Superior (atualizado em 21 de agosto de 2014)

  2. Lista de CET no Ensino não Superior (atualizado em 21 de agosto de 2014) 

  3. Distribuição de CET registados de acordo com a Classificação Nacional de Educação e Formação (CNAEF)  (atualizado em 21 de agosto de 2014)

  4. Distribuição de CET registados por tipo de ensino (atualizado em 21 de agosto de 2014)


Nota
: As listas 1 e 2 apresentam todos os CET com autorização de funcionamento. No entanto, nem todos os CET autorizados funcionam em todos os anos letivos. Para saber que CET funcionam em cada ano letivo, deverá dirigir-se diretamente às instituições que ministram o CET em causa.




O QUE É?

O Curso de Especialização Tecnológica (CET) é uma formação pós-secundária não superior que visa conferir qualificação do nível 5, de acordo com a Portaria n.º 782/2009, de 23 de Julho, que define os níveis de qualificação de acordo com o Quadro Nacional de Qualificações (QNQ).

Este tipo de qualificação profissional é obtido através da conjugação de uma formação secundária, geral ou profissional, com uma formação técnica pós-secundária, e caracteriza-se por:

  • Ser uma formação técnica de alto nível;

  • Resultar numa qualificação que inclui conhecimentos e capacidades de nível superior;

  • Não exigir, em geral, o domínio dos fundamentos científicos das diferentes áreas em causa;

  • Adquirir capacidades e conhecimentos que permitam, através deles assumir, de forma geralmente autónoma ou de forma independente, responsabilidades de concepção e ou de direcção e ou de gestão.



À conclusão de um CET com aprovação em todas as unidades de formação é atribuído um Diploma de Especialização Tecnológica (DET).


O DET é conferido a um formando que realizou um plano de formação com um número de créditos compreendido entre 60 e 90 ECTS, cuja duração global corresponde ao número de ECTS (Decreto-Lei n.º 42/2005, de 22 Fevereiro)

O plano de formação de um CET integra três tipos de componente de formação:

 

Componente de formação geral e científica

Objectivos

  • Desenvolver atitudes e comportamentos adequados a profissionais com elevado nível de qualificação profissional e adaptabilidade ao mundo do trabalho e da empresa;
  • Aperfeiçoar, onde tal se revele indispensável, o conhecimento dos domínios de natureza científica que fundamentam as tecnologias próprias da área de formação

Componente de formação tecnológica

Objectivos

  • Compreender as actividades práticas relacionadas com os domínios de natureza tecnológica
  • Resolver problemas do âmbito do exercício profissional.


Componente de formação em contexto de trabalho

Objectivos

  • Aplicar conhecimentos e saberes adquiridos às actividades práticas do respectivo perfil profissional;
  • Executar actividades sob orientação, utilizando as técnicas, os equipamentos e os materiais que se integram nos processos de produção de bens ou prestação de serviços.

 


 
ACESSO AOS CET

Segundo o disposto no Decreto-Lei n.º 88/2006, de 23 de Maio,  podem candidatar-se à inscrição num CET:

    a)      Os titulares de um curso secundário ou de habilitação legalmente equivalente;

    b)      Os que tendo obtido aprovação em todas as disciplinas dos 10.º e 11.º e tendo estado inscritos no 12.º ano de um curso de ensino secundário ou de habilitação legalmente equivalente não o tenham concluído;

    c)       Os titulares de uma qualificação profissional do nível 3;

    d)      Os titulares de um diploma de especialização tecnológica ou de um grau ou diploma de ensino superior que pretendam a sua requalificação profissional.



Podem igualmente candidatar-se à inscrição num CET num estabelecimento de ensino superior os indivíduos com idade igual ou superior a 23 anos, aos quais, com base na experiência, aquele reconheça capacidades e competências que os qualificam para o ingresso no CET em causa.

Atenção: para os titulares das habilitações a que se referem as alíneas a), b) e c), o ingresso em cada CET pode ser condicionado, se tal se revelar necessário, à aprovação em unidades curriculares das habilitações em causa que integrem as áreas disciplinares consideradas indispensáveis à frequência do CET fixadas como referencial de competências de ingresso.


 
Imprimir Imprimir TopoTopo Back Voltar
 
 
© Copyright, DGES 2008
Acessibilidade Acessibilidade